27 novembro 2013

Opinião: Cursed (S.J. Harper)

Cursed by S.J. Harper
Editora: Roc (2013)
Formato: e-book | 304 páginas
Género: Fantasia urbana
Descrição (GR): "Meet FBI Agents Emma Monroe and Zack Armstrong.
She's cursed. He's damned. Together, they make one hell of a team.
Emma Monroe is a Siren, cursed by the gods and bound to earth to atone for an ancient failure. She’s had many names and many lives, but only one mission: redemption. Now that she works missing persons cases for the FBI, it could be just a rescue away. Unless her new partner leads her astray.
Special Agent Zack Armstrong just transferred into the San Diego Field Office. He’s a werewolf, doing his best to beat back the demons from his dark and dangerous past. As a former Black Ops sniper, he’s taken enough lives. Now he’s doing penance by saving them. 
Emma and Zack’s very first case draws them deep into the realm of the paranormal, and forces them to use their own supernatural abilities. But that leaves each of them vulnerable, and there are lines partners should not cross. As secrets are revealed and more women go missing, one thing becomes clear: as they race to save the victims, Emma and Zack risk losing themselves."
"Cursed" é o primeiro livro de uma nova série de fantasia urbana que se centra na personagem de Emma Monroe, uma "siren". Emma é na verdade uma ninfa grega (Ligea), uma das acompanhantes da deusa Perséfone, que foi expulsa do Olimpo quando a deusa foi raptada por Hades. Por isso, para além de ser imortal, Emma tem alguns poderes de persuasão e consegue fazer com que os afectados pelo seu poder lhe digam a verdade.

Amaldiçoada por Deméter, a mãe de Perséfone a caminhar pela Terra a salvar mulheres em perigo para se redimir do facto de não ter conseguido salvar a Perséfone, Emma vive uma vida solitária, uma vez que Deméter lhe proibiu o amor.

A história começa quando Emma reencontra Zack, um lobisomem com quem teve um caso amoroso. Emma descobre que ele vai ser o seu novo parceiro no FBI. Enquanto Emma e Zack trabalham juntos num caso de pessoas desaparecidas, ela tem de tentar travar as suas emoções porque sempre que se apaixona... as coisas correm mal.

Pela descrição que fiz acima (e pela ideia que tinha antes de ler o livro, admito), este livro parece mais romance paranormal do que fantasia urbana. No entanto, como uma das minhas criaturas míticas favoritas são as sereias, decidi arriscar. E, felizmente, estava enganada relativamente à parte do "romance paranormal". Quero dizer, há certamente romance neste livro, mas não tem um destaque tal que obscurece tudo o resto.

Gostei deste livro. É um bom começo para uma série de fantasia urbana, é efectivamente fantasia urbana e não romance paranormal.

A narrativa tem um bom ritmo, o enredo é cativante, as personagens são interessantes e carismáticas, e a escrita é apelativa.

A autora (ou autoras, uma vez que se trata de uma dupla) conseguiu equilibrar de forma bastante competente o romance e o resto da história. Deste modo, o enredo secundário romântico não tomou conta de todo o livro, impedindo o desenvolvimento da história principal, que se prende com a investigação de um caso de pessoas desaparecidas.

No geral, uma leitura agradável, que nunca se tornou aborrecida. As personagens não são meros clichés, a história foi interessante e o romance não foi exagerado ou dramático. Recomendado para quem gosta deste tipo de livros.

Sem comentários :